CARREGANDO...

Participando da Feira

Selecione abaixo como gostaria de participar nesta feira:

Rota Brasil - Artesanato, Turismo e Gastronomia 

Não existe uma forma de disvincular: o artesanato, o turismo e a gastronomia.

O que é um chefe de cozinha?

Uma pessoa, que usando de criatividade e conhecimento adquirido muitas vezes em tentativas de erros e acertos, com a magia da alquimia e das mãos, mistura cheiros, condimentos e matérias primas diversas para a delicia de quem tem a oportunidade de degustar.

O que é um artesão?

Uma pessoa, que usando de criatividade e conhecimento adquirido, muitas vezes herdados de seus avós e aprimorando em tentativas de erros  e acertos, chega a um produto final único, utilizando principalmente as mãos.

O que é um turista?

São pessoas que em viagens vão atrás de uma boa gastronomia e querem levar para casa uma lembrança através de um artesanato local.

Assim será a 31ª Feira Nacional de Artesanato 

O Brasil não conhece o Brasil! Esta é uma grande verdade. Não por falta de interesse do brasileiro, mas pela grandiosidade de nosso país.

E a Feira Nacional de Artesanato, vem justamente nesta tentativa durante seis dias, levar um pouco de conhecimento aos mais de 140.000 visitantes do que existe de melhor e mais interessante em nosso país. Serão sabores, produtos e informações sobre a pontencialidade de nosso território.

Nos seus 31 anos de exitência, a Feira Nacional sempre fez questão de ser sempre uma grande escola e um local onde os visitantes possam conhecer a diversidade cultural e gastronômica e nosso pais.

A Feira Nacional de Artesanato, possivelmente será o único evento de artesanato que acontecerá em 2020 no Brasil.

Isto porque por ser o ultimo mês do ano, todos os protocolos indicam a sua realização.

As previsões de junho e julho da Secretaria Estadual de Saúde do Governo de Minas, indicava que em outubro o Covid estaia controlado em Minas com menos de 100 novos casos por dia e em novembro seria Zero.

Pelo Minas Consciente (acompanhamento do Governo Estadual da COVID), a região onde se encontra Belo Horizonte, esta na faixa amarela desde o dia 25 de agosto, e permanecendo assim até o dia 16 de setembro, passará para a faixa verde, quando os eventos serão autorizados.

Pelo lado da Prefeitura, das três ondas monitoras, duas já estão na verde (RT e Enfermanria) e uma esta na amarela com tendência a cair na verde ainda esta semana (ocupação de UTI, que estamos com 52%).

Então estamos firmes na realização do evento.

Nosso protocolo sanitário é um dos mais rígidos dos pais.(clique aqui)

 

Horário de Funcionamento

01/12 (terça-feira): de 14:00 hs às 22:00 hs

02/12 (quarta-feira): de 14:00 hs às 22:00 hs

03/12 (quinta-feira): de 14:00 hs às 22:00 hs

04/12 (sexta-feira): de 14:00 hs às 22:00 hs

05/12 (sábado): de 10:00 hs às 22:00 hs

06/12 (domingo): de 10:00 hs às 22:00 hs

FALTAM

Feira Nacional na Mídia